قالب وردپرس درنا توس
Breaking News

Prisioneiros palestinos iniciam greve de fome

O Comitê de Presos e Ex-Prisioneiros confirmou na segunda-feira que, apesar da deterioração da saúde, três detentos palestinos continuam em greve de fome aberta, em busca de suas demandas.

A organização informou que o prisioneiro Jamal al-Qam, de 48 anos, que atualmente está detido no centro de detenção Ofer, está em greve de fome há 19 dias e continuará nessa situação.

O cidadão palestino Sheikh Jadir, 40 anos, atualmente detido na prisão Raymond Israeli, iniciou sua greve de fome há 15 dias e também confirmou sua continuação para rejeitar sua detenção arbitrária.

Por sua parte, Imran al-Jatib, 60, da sitiada Faixa de Gaza, continua sua greve de fome que agora dura 43 dias, exigindo sua libertação antecipada da prisão de Israel.

De acordo com o comitê de prisioneiros, Al Jatib foi transferido para a clínica de detenção de Ramla após a deterioração de sua saúde.

De acordo com a fonte, ele sofria de pressão alta, problemas de cartilagem, colesterol alto e infecções estomacais crônicas, mas sua condição permanece estável.

Al-Khatib foi preso pelas autoridades israelenses em 1997 e sentenciado a 45 anos de prisão.

De acordo com o grupo de direitos dos prisioneiros Addameer, 5.771 palestinos são mantidos em prisões israelenses, das quais 456 são detenções administrativas.

www.almanar.com

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *