قالب وردپرس درنا توس
Breaking News
ahh

3.500 palestinos presos pelas forças de ocupação israelenses no primeiro semestre de 2018

As forças israelenses detiveram 3.533 palestinos no primeiro semestre de 2018, número que inclui 651 crianças e 63 mulheres, informaram diversas organizações especializadas no assunto.

De acordo com o relatório conjunto do Centro de Direitos Humanos Al Mezan, a Comissão de Prisões, a organização Addameer para os Direitos Humanos e Serviços de Prisioneiros e o Clube de Presos Palestinos; Israel processou 502 prisões administrativas desde o começo deste ano.

O documento afirma que esse número inclui 197 novos pedidos, o que eleva o número total de detidos administrativos a 430 sem acusação ou julgamento.

O relatório detalha que, somente em junho, os prisioneiros eram 464; deles, 117 de Jerusalém; 55 das províncias de Ramalá e Al Bireh; 75 de Al Jalil (Hebron); 29 de Yenin; 51 de Belém; 49 originários de Nablus; 15 de Tulkurm; 30 de Tulkarm; 14 nativos de Qalqiliya, sete de Tubas, seis de Salfit; quatro da província de Jericó e 12 da Faixa de Gaza.

De acordo com organizações não-governamentais, as prisões chegaram a 605 em maio, incluindo 94 mulheres e nove menores.

Cerca de seis mil palestinos estão detidos em prisões israelenses sob acusação de resistir à ocupação; Segundo dados oficiais, há 430 detidos administrativos.

www.almanar.com.lb

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *