قالب وردپرس درنا توس
Breaking News
papai

Estados Unidos impõe castigos humanitários aos refugiados palestinos

As tensões estão crescendo entre os refugiados palestinos diante de ameaças declaradas dos Estados Unidos por não prestar assistência financeira à Agência de Socorro e Obras das Nações Unidas para os Refugiados da Palestina no Próximo Oriente (UNRWA).

Em 21 de dezembro, EUA Ficou claro na Assembléia Geral das Nações Unidas (AGNU). Ninguém, nem mesmo a ONU pode criticá-lo. Suas ameaças não funcionaram e as Nações Unidas votaram contra a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de citar a cidade palestina de Al-Quds (Jerusalém) como a capital de Israel. Os Estados Unidos anunciam agora o congelamento dos primeiros 125 milhões de ajuda à Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinianos no Próximo Oriente (UNRWA).

A UNRWA administra cerca de 700 escolas e 140 clínicas, além de oferecer ajuda de emergência aos refugiados da Palestina. O cancelamento total da ajuda financeira dos EUA como punição humanitária pode significar o encerramento da agência como EUA É o principal doador. Nos campos, onde a situação piora após 70 anos de exílio forçado, a tensão aumenta.

Um colapso total pode ser perigoso para Israel. Mesmo assim, o primeiro-ministro do regime israelense, Benjamin Netanyahu, quer ver a extinção da UNRWA e, com ela, a resolução das Nações Unidas do direito inalienável de retornar.

A leitura deste problema não é apenas humanitária. Por trás da motivação de Trump há interesses políticos, já que as autoridades israelenses nunca gostaram que exista uma agência da ONU sob a qual os refugiados possam intentar.

www.hispantv.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *